A Grünenthal utiliza cookies próprios e de terceiros para melhorar a experiência de navegação, oferecer conteúdo personalizado e melhorar os seus serviços. Utilizamos scripts analíticos que colocam um cookie de rastreamento mas apenas ativamos esses serviços com o seu consentimento. Se clicar em “Aceitar”, está a consentir com a utilização desses scripts analíticos.

Pode retirar o seu consentimento em qualquer altura Para o fazer, modifique as suas configurações neste Website seguindo este link para a nossa Declaração de Privacidade com as opções de configuração: Ir a definições

Aceitar

;

Apoio além da terapêutica

A doença pode derrotar-nos. Se um doente for diagnosticado com uma doença incurável ou tiver um prognóstico limitado em termos de esperança de vida, estamos aqui para o apoiar na parte mais difícil da sua viagem.

Fundámos a Fundação Grünenthal de cuidados paliativos em 1998. Através da Direção de Medicina Paliativa na Universidade RWTH Aachen, promovemos a ciência e a investigação na área dos cuidados paliativos e dos cuidados às pessoas com doenças graves ou terminais. Estamos fortemente empenhados em preservar a dignidade e a qualidade de vida das pessoas na última etapa das suas vidas. Posteriormente foram criadas fundações em Espanha, em Portugal e no Equador.

“Com estes nossos doentes, já não se trata de curar, mas de melhorar a sua qualidade de vida até ao fim.”

Prof. Dr. Frank Elsner

Especialista em Medicina Paliativa no Hospital Universitário RWTH Aachen

Congresso Internacional: "Palliative Care in Latin America" Peru, 12-13 Out. 2018

A Grünenthal tem estado envolvida na área da medicina paliativa – os cuidados médicos especializados para doentes que se aproximam do fim da vida – desde há muitos anos.

Já em 1997, a empresa tinha fundado a Fundação Grünenthal de cuidados paliativos, com um capital de 5,2 milhões de euros que ajudou à construção do Departamento de Medicina Paliativa do Hospital Universitário de Aachen. Este valor de que a fundação de cuidados paliativos dispõe anualmente permite financiar as despesas com o pessoal que trabalha no hospital de Aachen. Desde há muito tempo que a Grünenthal tem vindo a atribuir prémios e a apoiar congressos da especialidade com o intuito de promover avanços nas questões que se relacionam com a medicina paliativa.

Os cuidados paliativos também são uma questão importante na América Latina, representando simultaneamente um desafio e uma necessidade. Acima de tudo, além de melhores tratamentos e do acesso a medicação adequada contra a dor, é necessária formação dos prestadores de cuidados de saúde e de acompanhamento pastoral. Segundo o Instituto Nacional de Estatística do Peru (INEI), 60% dos peruanos necessitam de acesso a cuidados paliativos em alguma altura das suas vidas. Por essa razão, a Grünenthal tenciona oferecer apoio para educação e formação no Peru, concedendo bolsas de estudo aos estudantes de medicina.

A Grünenthal já iniciou um caminho decisivo em 2005, quando organizou um congresso de medicina paliativa em Santiago do Chile. Com base neste evento, a empresa aproveitou a ocasião do 50.º aniversário da Grünenthal Peruana S.A. como uma oportunidade para dar um novo ímpeto a esta questão com um congresso em que participam especialistas internacionais. O congresso "Palliative Care in Latin America" terá lugar em Lima, em 12-13 de Outubro de 2018.

Esta iniciativa não só oferece uma plataforma para a partilha científica aos participantes de todo o mundo, como também dá uma contribuição significativa no sentido de prevenir o sofrimento desnecessário dos doentes terminais.

 
Vai sair do site da Grünenthal S.A. Portugal.
Está neste momento a abandonar o site da Grünenthal S.A. Portugal e a aceder a um site externo. No caso de ser um site estrangeiro, este foi elaborado de acordo com a legislação local, a qual poderá apenas ser apropriada para os residentes desse país. ... Voltar ... Continuar