Patofisiologia e condições

Actividade dos sensores da dor

Investigador

A dor aguda resulta de qualquer condição que estimule os “sensores da dor” corporais (nociceptores), como lesões, sangramento (hemorragias), tumores, infecções e problemas metabólicos e endócrinos. A dor aguda ocorre habitualmente após cirurgias, lesões graves e potencialmente fatais ou lesões desportivas.

A dor aguda é causada por um estímulo de dor que excita os receptores da dor (nociceptores), os quais transmitem estímulos até à medula espinal. O estímulo da dor pode então ser desviado para um neurónio motor, suscitando uma resposta reflexa como a retirada de um membro. A dor é, depois, transmitida para as estruturas supramedulares envolvidas no processamento da dor e chega até ao cérebro, onde é percepcionada como dor. Os reflexos supramedulares também activam a frequência cardíaca e respiratória e induzem a libertação das hormonas de stress.