Desenvolvimento

A unidade de desenvolvimento clínico global da Grünenthal

A função da Unidade de desenvolvimento clínico da Grünenthal é a de descobrir novas opções terapêuticas para o tratamento da dor, o que se consegue mediante o desenvolvimento clínico inovador de novos compostos químicos, a maioria dos quais resulta da própria investigação pré-clínica da Grünenthal. Além disso, a unidade também desenvolve e os mais avançados sistemas de administração para as substâncias já existentes no mercado.

Aproximadamente 200 colaboradores trabalham com grande dedicação nos departamentos que fazem parte da Unidade de Desenvolvimento Clínico Global e contribuem para o sucesso geral dos programas de desenvolvimento clínico. Trabalha-se em equipas estruturadas segundo uma matriz. Para cada composto novo cria-se uma equipa multidisciplinar para o projecto clínico, a qual é responsável pelo planeamento, implementação, análise e comunicação de todas as actividades relevantes de desenvolvimento clínico. Esta equipa recebe o apoio das equipas de estudos clínicos multifuncionais que são compostas por especialistas altamente qualificados e com larga experiência, como especialistas médicos, cientistas e gestores de operações.

O programa de desenvolvimento clínico de um novo composto na Grünenthal consiste em ensaios clínicos personalizados que são realizados em indivíduos saudáveis (fase 1) e em doentes com uma necessidade médica do composto em fase de desenvolvimento (fase 2 e 3).

No geral, a Unidade de Desenvolvimento Clínico Global participa em todas as fases de desenvolvimento de um novo composto, desde a transição da pesquisa pré-clínica para a preparação do dossier com o pedido de autorização de comercialização, realizando trabalhos científicos e operacionais multidisciplinares.